Tópico desta Edição:

A CVM editou a Instrução CVM nº 567, que disciplina a negociação, por companhia aberta, de ações de sua própria emissão, incluindo derivativos nelas referenciados. A nova norma revogou as Instruções CVM nº 10 e 390, que tratavam do tema, além de alterar as Instruções CVM nº 480, 481 e 552. Adicionalmente, a CVM editou também a Instrução CVM 568, que modifica as Instruções CVM nº 358 e 480.